segunda-feira, junho 29, 2009

Transformers, A Vingança dos Derrotados

by.Queiroz



Michael Bay acatou as críticas recebidas pelo seu primeiro Transformers, pelomenos é o que me faz pensar após a sessão de A Vingança dos Derrotados. Abriu mão das marcas registradas do estilo Michael Bay, como suas músicas de clímax, que não dão clímax nenhum, aquelas aéreas do Pentágono e diálogos extremamente idiotas realizado por militares e tirando o Gran Finale do grande centro urbano. E até os personagens idiotas, por assim dizer, tem uma certa utilidade, a exemplo do pau mandado do Governo que sem querer acaba ajudando os Decepticons, inimigos mortais dos Autobots. Aliais um belo momento no filme é quando Megatron se encontra com seu Mestre no espaço sideral. Eu senti falta do robô que era o médico de guerra do primeiro filme e o sentimento de equipe por parte dos Autobots que nesse filme é ausente. Uma coisa que acho chata nos efeitos especiais são as cenas de luta, tendo em vista o fato de que por optarem por mostrar bem as engrenagens dos robôs, para torná-los realistas, o público acaba não sendo capaz de realmente assistir as cenas de luta, e você acaba com a mesma sensação de olhar para um formigueiro, e acaba não assimilando nada, o que para um filme de ação é péssimo. O transformar no filme ficou mais bem resolvido, com direito a tomadas em 360.º. Mas, os robôs grandiosos do filme são o famoso: Você é grande, mas não é dois, porque a sensação de perigo que eles passavam nos trailers, se dissipa de pronto, por os robôs menores resolverem o problema mole, mole. Por falar em robôs menores, o que é aquela duplinha de dente de ouro e marra pimp my ride. Fugiram de Carrinhos, por acaso? Agora, o pior personagem é o colega de quarto do Sam (Shia), o tal do Leo. Eu torcia para o personagem morrer nas cenas de perigo, muito chato. O trabalho de dublagem é impecável, Guilherme Briggs, manda muito bem, fazendo o vozerão de Optimus Prime, assim como toda a equipe de dubladores. Parabéns. Megan Fox é a Mulher mais Sexy do Mundo, Shia o Homem mais Sortudo do Mundo e Michael Bay tem Steven Spilberg como produtor de seu filme pela Paramount. E com isso tudo é possível, não ter uma boa bilheteria? Realmente não, e no fim das contas em produções assim é o que interessa.

2 Comments:

Blogger eve said...

Esse filme não me agrada muito. Tipo muito barulho pra pouca coisa...

2:33 AM  
Anonymous QUEIROZ said...

E também vergonha alheia em grau elevado. John Tuturro que o diga. Mas, tem a Megan Fox # T.

Beijos Eve

10:59 PM  

Postar um comentário

<< Home