sexta-feira, abril 15, 2005

Racismo (ainda?!?) existe.

by Queiroz

Hoje eu vi uma reportagem num noticiário esportivo sobre o caso que por uma atitude racista um jogador argentino foi preso após ofender verbalmente o jogador do time do São Paulo, o Grafite, e o argentino será liberado após pagar 10.000 de fiança. No art.5°,inciso XLII, da Constituição Federal/88, diz que RACISMO é CRIME INAFIANÇÁVEL E IMPRESCRITÍVEL. Ainda falando sobre reações racistas de torcidas de futebol, no exterior torna-se uma prática comum. Ainda esse ano, jogadores que jogam em equipes no exterior, foram alvo de provocações dessa natureza e os clubes acabaram pagando multa pela atitude imbecil. Bem, escolhi postar essa letra traduzida do Marvin Gaye, como forma de protesto por esses gestos de pura idiotice.

WHAT'S GOING ON ? (MARVIN GAYE )
Mãe, existem muitas como você chorando
Irmão, existem muitos como você morrendo
Você sabe que temos que encontrar um modo
De trazer algum amor aqui hoje
Pai, nós não precisamos nos afirmar
(Você vê) Guerra não é a resposta
Pois só o amor pode compreender
Você sabe que temos que encontrar um modo
De trazer algum amor aqui hoje
Portanto junte sua força
Junte seus sons
Não me castigue
Com tristes e cansadas lágrimas
Converse comigo
E você verá
O que está acontecendo ?
Mãe, todos pensam que estamos errados
Mas quem são eles para nos julgar ?
Desde que os problemas que tínhamos se foram
Você sabe que temos que encontrar um modo
De trazer algum amor aqui hoje. De trazer alguns deles aqui hoje.
Portanto junte sua força

4 Comments:

Blogger Mineiras, Uai! said...

Infelizmente, Queiroz, é algo que acontece. Outro dia mesmo, estava conversando com uma amiga, que contava que seu irmão estava namorando. Ao perguntar se a namorada ela "loura" ou "morena", o rapaz respondeu: "- Morena." "-Morena como: só de cabelo ou de pele também?" Ele respondeu: "- Os dois."
Segundo a minha amiga, a mãe dela fez um discurso de mais de 1/2 hora que não queria ter os netos" com cabelo "pixaim" (prá vc ter uma idéia do nivel em que a conversa foi chegar...).
Agora, deixo uma coisa aqui bem clara: não me venham com essa história de moreno não. Ou é branco ou é negro. Se considerarmos que no Brasil, principalmente em MG (que é o estado do BR c/ o maior índice de miscigenação, segundo dados do IBGE) que é praticamente impossível encontrar um branco que seja branco mesmo, sem nenhum ancestral com o pé na África, SOMOS TODOS NEGROS. E sinceramente, PALHAÇADA! E daí se é NEGRO ou se deixou de ser? Negro é muito melhor que branco! Tem menos celulite, é mais forte, a pele não fica vermelha com o sol (tem menos câncer de pele), tem mais resistência física, tem o corpo mais bonito e os músculos mais bem torneados... Ou! Negro é TDB!
Ah! Só falta agora começar a ter preconceito de NEGRO contra BRANCO (que é algo que já ocorre no States...) Tb, o que poderíamos esperar da "BUCHOLÂNDIA"???

Abraços,

Ana Letícia
http://mineirasuai.blogspot.com

Ps.: Este meu comentário vai pro BOCALIBRE!!! E by the way, brigada pelo convite, ok? Bjão!

9:31 PM  
Blogger Anna said...

powxa
esse caso do jogador ai, eu achei q exageraram demais. eles kiseram uma repercussao mundial e conseguiram. ô_Ô
mas o lance eh, eu nao entendo o pq, chamar alguem de 'negro' eh tao ofensivo.. eu sei q tem tda uma etica por tras disso, e q realmente ele podia/deveria ter chamado o tal do grafite (q por sinal, o apelido ja sugere sua 'cor') de otra coisa mto mais ofensiva, e dai sim ser preso.
eu nao entendi mto bem isso.. sei la ô_Ô talvez se eu fosse negra eu entenderia..
eu nao fico chateada se alguem me chama de branquela. (ate pq, eu sou branquela msm.. =/)
blah.. sei la neh.. cada um se ofende com o q kiser. =/
:*

2:12 AM  
Anonymous Queiroz said...

Acho Anna que tem mais haver como a forma como foi dito, e não o que foi dito. Seria o mesmo que por exemplo, uma mulher é motorista de ônibus, leva uma fechada de um cara e ele ainda diz:"Tinha que ser mulher." A ofensa não é por ser mulher, mas pela maneira que é rebaixada a pessoa por ser. A mesma coisa se aplica com o caso. Mas, acho que vc tem uma certa razão no que disse.A choq ue o pior preconceito no Brasil é o social. O racial é aglutinado ao social. E é aí que o bicho pega.

10:42 AM  
Anonymous Pri Coli said...

ooooiiiiiiiiieeeee!!!Queiroz, qt tempo moço!?Concordo com vc qualquer tipo de racismo é crime e não importa quem o cometeu.Se foi o presidente ou o papa deve ser julgado devida e igualmente.
*Supermegaultra(assim junto mesmo!!!)-obrigada* pelos coments e pelo link do "aopadaletra" aqui no Escritos.Adorei muito!Ah, me envia a paródia de "ela carioca".Para finalizar, balacubaco cap 2 vai entrar jájá no ar!!!
bjocasssssssss milllllllllllll
_Coloquei link do escritos lah no flog!_

1:05 PM  

Postar um comentário

<< Home