terça-feira, agosto 08, 2006

Entrevista:De Leve

Queiroz: Quando pintou a vontade de criar um blog?


De Leve: Quando eu vi que existia esta ferramenta na internet. Eu queria colocar algumas ideias que nao as das musicas - e nao rimadas - pras pessoas lerem.



Queiroz: As pessoas costumam criticar dizendo que a internet, substitui as
"relações humanas" pela eletrônica. Para você que tem um blog, vc acha que
tanto faz conhecer alguém na padaria quanto na net?

De Leve: Tanto faz. Mas na padaria vc tem o contato e este é muito bom mesmo. Mas nao impede de vc conhecer a pessoas depois.


Queiroz: Outra crítica é a velocidade de informação, ou seja a juventude adquire
muita informação, mas não sabe utilizar. Vc acha que isso prejudica alguma
coisa ou é loucura de quem fala?

De Leve: Ter muita informação nao direcionada pode ser ruim sim. Nao adianta vc ler 50 livros e nao entender o que eles dizem e nao se utilizar daquilo. O bom eh vc saber o que usar e selecionar o que gosta de ler e o que vc pode ou quer levar pra sua vida.


Queiroz: Costuma ser rotulado como o autêntico rap nacional o feito por artistas
como Mv Bill e Racionais mc's , e quando surge alguém fazendo algo diferente
como você é visto como falso ou estranho. O que vc acha disso?

De Leve: Acho que cada um tem sua caracteristica e isso nao faz de ninguem menos ou mais original.


Queiroz: Quando você começou a sua carreira de rapper?


De Leve: Profissionalmente no ano 2000.



Queiroz: Como é o processo de composição?


De Leve: Depende da musica. Mas nao eh nada demais nao, hehe.

Queiroz: Vc já participou da batalha da Liga dos mcs? E o que vc acha do evento?


De Leve: Infelizmente nunca fui e nunca participei. Nao participei pois batalhar e improvisar nao eh muito a minha e nunca fui pro preguiça mesmo. Eh que niteroi eh longe de tudo e a preguiça anda me matando...



Queiroz: O seu disco pode ser escutado por inteiro na internet e baixado tb. Será
que vai chegar um dia em que o artista vai viver tão somente dos shows que
faz e que a venda de EPs vai ser coisa do passado?

De Leve: Espero que sim pois estou apostando nisso nos dias de hoje!


Queiroz: O rapper paulista Veiga sabe tocar saxofone muito bem, e diz numa música
ter a carteira da OMB. E então, será que está ficando ultrapassada essa
idéia que no rap o importante é a letra e que a base musical não precisa ser
necessariamente uma composição própria?

De Leve: Particularmente eu acho que um complementa o outro. Se nao fosse assim nao precisava de instrumento, tocava somente a batida. Nao eh mesmo?


Queiroz: Vc gosta de rap estrangeiro?

De Leve: Claro. Comecei, como muitos, ouvindo rap estrangeiro e o faço ateh hj.


Queiroz: Qual dica que vc dá p/quem está entrando nessa?

De Leve: Nao desista tao facil.

Clipe:"Largado!"(De Leve)

http://www.dicamelim.blogspot.com/

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Excelente entrevista!!! e olha que achava que o de leve era meio metido mas o cara foi super legal na entrevista.

10:49 AM  
Anonymous Junior said...

hehe
Maneiro..
Gostei do clipe tambem .. nao tinha visto ainda..

Junior - Brasília/DF
ssjota@msn.com

10:07 AM  
Anonymous vera said...

Olá Queiroz, legal tudo! Mas veja vídeo : LULA SEGUE OS PASSOS DE FIDEL! Querem aterrorizar a população eu descobri por que e postei há pouco: "O golpe que Fidel Castro deu no povo cubano, é o que José Dirceu foi aprender em Cuba, para aplicar no Brasil, através de Lula.
Fidel, em campanha dizia que não era comunista, após conseguir o apoio do povo cubano se revelou um verdadeiro ‘mentiroso comunista’, e deu o “GOLPE” no povo cubano, criando mecanismos econômicos para se perpetuar no poder. Violando todos os direitos dos cidadãos cubanos."
FELIZ DIA DOS PAIS :-) BJS

1:57 PM  
Blogger luma said...

Queiroz, gostei da entrevista. O cara fala coisas concretas. O nosso cérebro possui um filtro, que realmente deixa passar somente a informação que queremos. Se um cara lê 50 livros e não entende ou aprende algo, algum problema ele tem! (rs*)
Boa semana! Beijus

11:44 AM  

Postar um comentário

<< Home