domingo, dezembro 18, 2005

Já vai tarde

by Queiroz

Final de 2005 o cidadão se sente otário. Tão mal quanto Tévez, com Trofeu de Tetra Campeão na mão, mas sem tirar a artilharia de Romário. Vários são os motivos para ficar insatisfeito com esse ano. Pretenções entram pelo cano em relação a punição ao político que passou a mão em fundos de pensão. Lider da população com discurso honestão, questionando as provas do mensalão. Honrando as cores do pavilhão com sucesso. É... fechar os olhos é o caminho da ordem e do progresso. Pagar ingresso prá ver showzão gringo é de praxe. Paguei prá ver Pearl Jam com meu irmão, o maior fã, mas não ache que acho bonito tornar secundário o talento nacional. Já chega ser comparado ao Hommer Simpson pelo editor chefe do Jornal. Legal a execução demasiada em programas mauricinhos do Funk. Eles que rezem p/que não entre na moda o Punk. Artista brasileiro querendo adotar postura junkie apontando o dedo médio p/câmera entrando facilmente para o ranking das babaquices. Fila de modelos querendo dar pro Ronaldinho. "Amor de mulher é dinheirinho" alguém disse. Eu discordo. Faço minhas as palavras do funkeiro e por isso vou falar p/ tu mulher de verdade gosta mesmo de... Ãrram! Rã, rã, rã na posição da rã. Se Vinicius visse tal cena teria como musa uma lavadeira ao invés de qualquer garota de ipanema. Família já não faz drama, entre a notícia sobre a novela das 6 e das 8, um depoimento de uma ex-garota de programa. Quem faz a cama ganha a fama mesmo que role com os porcos na lama. Chamas no coletivo, motivo de medo. Será lembrado ou esquecido o fato no samba-enredo? Pesames sinceros as famílias das vítimas, desse aqui que relata. A dor tratada como fato isolado pelos que enchem os bolsos de prata. Coisas boas? Amigos, trabalho, família, momentos de felicidade e as gatas dessa cidade maravilhosa que nasci e vivo. Problemas esquecidos no momento em que a mente se distrai. E assim a vida vai. Feliz Natal desejo e sempre desejarei por ter fé no criador assim como todo povo. Mas, devido as mazelas de hoje e de sempre fica meio difícil dizer Feliz Ano Novo. Mas, a fé e perseverança vencerão a ansiedade. 2005? Já vai tarde!!!

9 Comments:

Blogger Lili Cheveux de Feu said...

Estou sentindo uma síndrome do fim-de-ano em todos os blogs da região... hum..

10:48 AM  
Anonymous Amanda Sexto said...

Oiii..nem sei se lembra de mim, faz tanto tempo que conversamos.
Esse ano foi mesmo complicado.
Meu irmão tb foi no Pearl Jam, é fã de carteirinha.
Feliz Natal!E não posso deixar de desejar um Feliz 2006!
Beijos

1:23 AM  
Blogger Lili Cheveux de Feu said...

Queiroz, genial este post. Parabéns!

11:11 AM  
Blogger Ju*estrela* said...

Que bom seria se a gente pudesse comemorar a virada de ano sem lembrar de absolutamente nada do que passou! Mas, um novo ano está chegando, e a gente sempre tem esperança de que tudo seja diferente e melhor! Gaças a Deus que a esperança ainda não foi assassinada! E, apesar de todas as coisas ruins, acho que temos alguns motivos para nos alegrar e comemorar. Então, espero que vc querido Queiroz,tenha um Natal feliz e um maravilhoso Ano Novo!

"Queria que o meu pranto o chão de enfeites molhasse."

Beijos

11:58 AM  
Blogger Lili Cheveux de Feu said...

Faz tanto tempo que não assisto re[corte]cultural... amo.

9:11 AM  
Blogger Lili Cheveux de Feu said...

Escreva mais!!!

3:23 PM  
Blogger luma said...

Feliz ano novo! Beijus

2:01 PM  
Blogger Ju*estrela* said...

Ei sumido! Como vc tá?
Apareça!
Feliz 2006!
Beijns

2:33 PM  
Blogger Carol "Mozão" Mendes (discípula de Bocage) said...

Olá...gostei muito seu jeito de escrever, cantado, falado, às vezes sussuros, outras, gritos.
Adoro o Re[corte] Cultural e, bem, quem sabe possamos conversar mais sobre, sei lá, alguma coisa. Abraço.

8:16 PM  

Postar um comentário

<< Home