sábado, fevereiro 10, 2007

Vida

by.Queiroz


No post anterior falei da forma jocosa como as pessoas tratam o tema morte no Brasil. Quer dizer brasileiro é assim mesmo, rir p/não chorar, mas acho que uma coisa chamada tempo e limite deveriam ser respeitadas. Essa semana foi marcada por um ato de violência que é o pior que tenho notícia até hoje. Outra mania do brasileiro que é estranha essa parada de querer combater fogo com querosene, regra que se aplica aos “Aqui e Agora” da vida, aos debatedores que querem ver sangue e tb aos rappers pq não. Por isso me senti bem ao ler esse texto da Revista Piauí, que conta a estória de sobrevivencia do Arthur:Clique p/ler


Descobri uma coisa legal nesses dias. O programa Frente, apresentado pelo Rodrigo Portugual do Skank, mas não toca Skank, que bom!! É uma seleção diversa de sons e entrevistas de bandas Independentes, que podem ser escutadas em WM player:Clique p/acessar o site do Frente


HOJE:Loud! no cine Iris Rua da Carioca, 51, Centro-RJ, Dia 10/2 23h


Mas, já que eu sou eu, o inconformismo não pode passar batido aqui no blog, então falando de vida, falemos do estilo de vida Punk, assitindo esse video que mostra um pouco do documentário “Botinada” do Gastão:

5 Comments:

Blogger luma said...

É triste viver em um país que pessoas viram número, estatística!! A sociedade ainda cairá na real que o curso da sociedade precisa que cada um de seus cidadãos assuma a parcela de responsabilidade que lhe cabe. Que os últimos acontecimentos são apenas o reflexo de uma sociedade que apenas sobrevive um dia após o outro, sem contudo, analisar o por que de estar vivendo. Será que um dia veremos brasileiros pensarem coletivamente?
Boa semana! Beijus

6:50 PM  
Blogger Vanessa said...

coisa horrivel do joão helio né? fiquei imaginando o sofrimento daquele menino... muito triste

mas voltando-se pro seu comment no meu blog, cara nao tenho paciencia pra ser professora, nao tenho paciencia pra explicar nada pra ninguem XD é impressionante!

9:11 PM  
Blogger luma said...

Bom feriado!! Beijus

5:00 PM  
Anonymous Gêiser Nobio said...

Olá, mano véio!!! O carnaval acabou e com ele a discussão sobre violência. Todo mundo se esqueceu da morte do João Hélio. Lamentável!!!

5:19 PM  
Anonymous QUEIROZ said...

Acho que esquecer Geiser, acho que impossível sabe. Teve a galera das escolas que dava suas mensagens em relação a ele na comissão de frente e mesmo nos dias de jogos tinha as torcidas com os cartazes. E eu mesmo voltando da Folia do Circo, vi um cartaz "Um garoto de 6 anos foi arrastado por 7 km, E vc não vai fazer nada?" Agora soluções p/os problemas que não vejo gente apresentando.

7:46 PM  

Postar um comentário

<< Home