quinta-feira, abril 19, 2007

Sobre tudo

Que p#rr@ é essa?
by.Queiroz


Que p#rr@ essa que assola a humanidade? Será culpa do msn, do ipod ou da diversidade de comunidades no orkut? Há quem lute para nos convencer que é culpa do advento tecnológico. Que as emissoras de tv, influenciam no nosso comportamento é lógico. Mas, não seja insano, pois aqui não é matrix, a culpa não é da máquina e sim do ser humano.

Que p#rr@ essa? Viver tá ruim abeça, mas mesmo assim eu me viro. E mesmo sendo carioca consigo trafegar por aí sem levar um tiro ou passear em coletivo sem ser incendiado. A Revolução que Gil-Scott previu passou e o tempo está sendo esgotado.

E o tempo se esgota e daqui do meu mundo eu falo, mas sem ser sordido como Lourenço de O cheiro do Ralo. Me calo em relação ao que não vi, mas já vi que é verdade que dizem por aí que o homem não verá o fim de tudo, ou viveremos como Aquaman embaixo da água quando o gelo derreter e cobrir tudo. Aquecimento global problema mundial, mas no Rio de Janeiro é a deixa para mandar o recado para comprar cervejas no supermercado, pois vem aí mais uma véspera de feriado.

Que p#rr@ essa? Viver tá ruim abeça, mas mesmo assim eu me viro. E mesmo sendo carioca consigo trafegar por aí sem levar um tiro ou passear em coletivo sem ser incendiado. A Revolução que Gil-Scott previu passou e o tempo está sendo esgotado.

A Revolução não será televisada, mas será no You Tube registrada? A televisão acabará assim como o telefone fixo e no momento preciso as lágrimas serão estraidas como um ciso. Pois, ninguém ligará mais para morte de criança, a não ser os que tem apego a Deus e a esperança em sua volta. Mas, o mundo tá assolado pela revolta. Sei que é dificil não se sentir revoltado, mas fazendo a pergunta certa a revolta vc liquida: “Melhorou a sua vida?”

Que p#rr@ essa? Viver tá ruim abeça, mas mesmo assim eu me viro. E mesmo sendo carioca consigo trafegar por aí sem levar um tiro ou passear em coletivo sem ser incendiado. A Revolução que Gil-Scott previu passou e o tempo está sendo esgotado.




CHO SEUNG-HUI:

Ele matou 32 pessoas na Virginia Tech University. Só digo uma coisa na qualidade de pessoa que já foi um tanto anti-social, que não falava com ninguém e hj em dia às vezes olha pro nada. Cho, aonde vc estiver, ainda bem que você se matou, pois vc não representa nenhum dos estudantes tímidos e com dificuldades de relacionamentos em todo o mundo. Que ninguém siga seu mal exemplo. Você foi tarde.


LOBÃO:

Postei no site do próprio o seguinte:

"Eu escutei trechos do Acustico numa loja de discos. Ouvi na rádio" Vou te Levar", sendo chamada de a nova do Lobão. Acho meio ridículo tendo em vista que conheço a música desde que comprei o disco em 99. Acho aceitavel sim seu argumento de que o exílio diminuiu assim seu valor como artista. Tendo em vista que música é feita para o povão, e por mais que seja bonitinho ser o Rei da galera dos All Stares quadriculados, é feio acontecer com vc aquela babaquice em Porto Alegre. Espero que vc tenha êxito em divulgar as ditas músicas novas e tb pq não ganhar o direito de ganhar em cima dos seus discões antigos, coisa que é direito legitimo seu. Dois pedidos não vá vender pizzas em Amsterdã e nem faça gargarejo com OmO, pois gostamos do Lobão boca suja e artista sim. E se vc é traidor, é traidor com estilo. Antes Mtv do que chorar no Faustão. Não é João Gordo."

Ouça aqui



VIOLÊNCIA AQUI NO RIO:


Não pegou nenhum tiro em mim. E olha que sou carioca. Não é prá rir, mas sim lamentar. Bate uma tristeza.

Notícias no Google sobre as vítimas, clique p/ler



Estou escrevendo um livro virtual nessa página:
http://www.3007estaperto.blogspot.com/

Leia também:
http://mgwritersclub.blogspot.com/

Cariocamente falando diretamente do lado Fluminense do Rio.
by.Queiroz

Quem é leitor do blog sabe que não me limito a ficar desse lado de cá da Baía de Guanabara, ou como pejorativamente dizem por aí desse lado da poça. Frequento a Lapa, vou em Copa na Baratos da Ribeiro, já fui na Barra, assistir show da Marisa Monte. Enfim, gosto de passear. Mas, em relação a ir ao cinema devo fazer aqui um protesto. Pô, é frustrante, é chato, não passar certos filmes aqui perto, inclusive nacionais. Batismo de Sangue, por exemplo está passando só na Zona Sul, ou seja do outro lado da cidade. Só com a grana de passagem eu gastaria para ver umas 3 sessões aqui perto. E prá quem tem carro e a gasolina? O povo de lá vai pagar. Claro que não. Limitar os cinemas aqui de perto só ao circuito comercial é sujeira. Você tem 21 salas e quase sempre vc não anda muito prá tá la o mesmo filme. Ou seja, um cinema maior mais confortável, muito embora mais caro está passando a mesma coisa do vizinho, menor desconfortável, muito embora mais barato. Por isso protesto. Vamos mudar essa mentalidade distribuidoras.

Crítica.de.batismo.de.sangue.clique para.ler

A VOLTA DO BOCALIBRE:
O melhor blog do mundo voltou a ativa, clique aqui para ler

4 Comments:

Blogger Mineiras, Uai! said...

Sem comentários a tragédia na Virginia Tech. O cara era psicótico e surtou, não tem nada a ver com timidez ou problemas de relacionamento.
Sobre o Lobão, não sei o que ocorreu, mas concordo com o que vc disse...
Mais uma bala perdida no Rio? Não é bala "achada" não? (por um inocente...)
Bjs,
Ana.

12:15 PM  
Anonymous QUEIROZ said...

Teve um sujeito que contratou o Lobão para fazer um show em Porto Alegre. Só que o Lobão decidiu tocar o repertório só do disco novo. Aí dá-lhe esporro. Por isso e outros motivos ele voltou para o mercado.

2:53 PM  
Blogger Alex Coyote said...

Eu gostava muito mais do Lobão que se defendia dos "vudus feitos pelos grandes selos" pra "aprisionar" de forma desumana bons artistas e, o que é pior, lucrar sobre a obra intelectual dos mesmos - fato do qual ele mesmo foi vítima - e no fim de tudo tirar um puta sarro como o têm feito.

Pode até ser radicalismo da minha parte relutar em aceitar "calado" esse retorno (e por que não dizer: essa venda à qual o cara se submeteu) afinal não sabemos exatamente o que o levou a tal contradição, mas achei muita hipocrisia ddo Lobão, depois de tanto lutar pelo independente, depois de ter conquistado tanto espaço contra as gravadoras que escravisam, tanto a imagem como a personalidade de seus contratados, o cara se reder depois de ser agredido por um bossal qualquer e dizer que não nos deve satisfação alguma e ainda diminuir os que estão buscando se firmar através do independente.

Posso afirmas com plena certeza que se ele próprio (Lobão) não tivesse execrado tanto as gravadoras (a Sony/BMG principalmente, contra vinha movendo um processo judicial para reaver o seu direito de posse sobre sua obra) e da mesma forma toda e qualquer possibilidade de - um dia - gravar um acustico MTV (já que tanto criticou a fórmula para se criar o mesmo e também o disco ao vivo feito pelo grupo pernambucano "Cordel do fogo encantado") eu não estaria o enterrando definitivamente como meu ídolo.

Há um tempo, assim que a Cássia se foi, Lobão afirmou que pra ele foi fácil faser um disco com tantas parcerias com gente já morta- Canções dentro da noite escura - porque ele se sentia como tal, ou seja, morto. Mas agora sim, depois desse retorno inexplicavel, como a própria morte, ao respaldo dequeles a quem tanto atacou, agora sim começa a morte do "icone Lobão".

"Decadence avec elegance"? Pode-se dizer que sim. Mas logo o carnaval de Venoza acaba, aí sim saberemos quem está por trás de qual máscara!

Somente ao queiroz: Vou postar esse comentário no meu blog em resposta ao seu. E devo acrescentar que não é nada pessoal contra vc, apenas estou expondo o meu ponto de vista sobre o ocorrido.

9:10 PM  
Anonymous QUEIROZ said...

Bem, Alex, o Lobão não é nenhum Renato Russo. Quer dizer, 1° não levanta a bandeira do rock, ele ser diz mais abrangente. E hj eu o ouvi no Palco Mpbfm, dizendo assim que o "Canções", se implodiu na medida que ele não cabia mais no espaço da Outra Coisa, que esse espaço deveria ser cedido às Bandas Independentes. Sem me alongar muito, digo o seguinte. O meu lado emoção diz: "Pô fui traido, comprei que nem um babaca o Vida é Doce e o "Canções", prá dar aquela força pró cara, prá ele chegar agora e fazer Acústico Mtv." Mas, o lado razão diz:"Beleza. Agora o grande público vai conhecer as melhores músicas que o Lobão já fez na carreira dele. E que bom que ele voltou a ter direito em relação a sua obra." Quanto ao mercado independente, cara esse não precisa do Lobão. Esse está aí forte, criando possibilidades, agarinhando Plebe Rude, Erica Martins, e outros. Só perdeu assim um porta voz importante. Como o próprio disse hj no Palco Mpb:"As críticas que o disco recebeu por parte dos críticos é ótima. Já em relação ao meu carater...". Ah, ele sabe o que fez. Como eu disse no início, ele não é nenhum Renato Russo. Pois, este nem a morte levou.

10:55 PM  

Postar um comentário

<< Home