segunda-feira, junho 04, 2007

"O amanhã incerto"

"Quando vem o amanhã incerto a certeza
me faz ver o inverso já não tenho
mesmo medo de me repetira
verdade disso tudo é o que me faz seguir."

"O amanhã incerto"
by Queiroz

Faz um ano hoje que Rodrigo Netto foi morto no ano passado na Avenida Marechal Rondon, no Rocha, Zona Norte. Esse trecho acima é da música "O amanhã". Bem, eu não sou nem fã do Detonautas, e corcordo quando o Mv Bill diz que choram a morte de artista e a de milhões é mera estatítica. Mas, vc para e pensa, o garoto não fazia mal a ninguém, só tocava a sua guitarra numa banda de rock, e morreu de bobeira, aliais morreu pq era cidadão carioca, aliais "a sétima vítima desse tipo de ataque a motoristas na cidade nas últimas duas semanas", palavras escritas na 1ª página da edição do jornal O Globo do dia 5/6 do ano passado. É corriqueiro entenderam, ele é "apenas" a sétima vítima. Ser honesto e se manter vivo nessa cidade é um privilégio de poucos.
Em memória de Rodrigo Netto, mais uma vítima do cotidiano.

6 Comments:

Blogger Ju*estrela* said...

A certeza que temos é que o amanhã é incerto.
Sendo assim, me preocupo em viver o hoje deixando marcas boas, para que assim eu seja lembrada. A questão não é o "ser lembrada" em sim, mas é saber que "faço bem para os outros" e, que por isso, talvez eu seja lembrada.
AMAR O PRÓXIMO COMO A TI MESMO.
eu me pergunto qdo isso será de fato verdade para a humanidade. sei que nunca. mas sei que posso fazer a minha parte.
Ihhh... fugi do assunto um pouco. rs*
BeiJus* Queiroz

12:02 AM  
Anonymous QUEIROZ said...

Não fugiu nem um pouco. Falou tudo.

beijos ju

8:56 AM  
Blogger luma said...

Eu não vejo muita solução para os problemas da segurança a não ser prenderem todos os bandidos, mas isso parece inviável com a polícia que temos. E o Rio de Janeiro não é mais um lugar para se morar em paz. Sinto medo todas as vezes que vou à cidade, mas não existe outro modo. Infelizmente, a familia de quem morre de maneira tão bárbara é que sofre.
Boa semana! Beijus

4:40 PM  
Anonymous QUEIROZ said...

Prá mim um bom começo seria dar condições para diminuir o n° de jovens infratores através de planos de educação e cultura. Já fazem isso, mas acho que os governantes deveriam trabalhar de forma mais efetiva. Cuidar da juventude seria uma boa.

6:06 PM  
Blogger Lia said...

E EU MORO NA MARECHAL RONDOM...E TIVE O DESPRAZER DE PASSAR, E VER O NETO MORTO DENTRO CARRO...TIVEMOS DIAS DE VERDADEIROS TRANSTORNOS CAUSADO PELA OCUPAÇÃO DA POLICIA,E AGORA UM ANO DEPOIS EU PODERIA TE CONTAR VÁRIOS CASOS DE VIOLÊNCIA ACONTECIDOS NO MESMO LUGAR...NA MESMA RUA...E A POLICIA?
DE VEZ ENQUANDO PASSA UM CARRO POR AQUI, BEM RÁPIDO É CLARO JÁ QUE AREA... É DE RISCO...BEIJOS ESPERO UM CONTATO.
LIA GOMES.

3:38 PM  
Anonymous QUEIROZ said...

Bem, Lia eu sinto muito por vc ter visto algo tão ruim. Aliais sinto de vc ver quase sempre coisas dessa natureza. E vc falou em contato, mas acabou não deixando um endereço de página prá eu visitar.

Se quizer me mandar um e-mail ele é queiroz-76@hotmail.com

9:59 PM  

Postar um comentário

<< Home